Guia básico: entenda o que são probióticos

É provável que você já tenha ouvido falar dos probióticos e da sua grande importância para a saúde do corpo e o equilíbrio do bem-estar. Eles são responsáveis por manter o bom funcionamento do organismo, melhorar a flora bacteriana e prevenir algumas doenças.

Apesar disso, pouca gente sabe o que eles realmente são, quais são os seus benefícios e onde eles podem ser encontrados. Se você ficou curioso para saber essas respostas e esclarecer outras dúvidas, continue a leitura e confira o guia básico dos probióticos que preparamos!

O que são probióticos

Os probióticos são as chamadas bactérias do bem. Esses microrganismos estão presentes no corpo (a maior parte deles está no intestino) e são responsáveis por equilibrar a flora intestinal, melhorar a absorção de nutrientes, proteger o corpo contra agentes infecciosos, ajudar a fortalecer o sistema imunológico e outras funções similares.

Uma das principais fontes de probióticos é a alimentação. Eles podem ser encontrado em iogurtes naturais, alguns tipos de queijos, leites fermentados, coalhadas e afins. É possível, ainda, ingeri-los por meio de suplementos em forma de comprimidos, cápsulas ou sachês — esse consumo, porém, deve ser feito sob orientação médica.

Para que eles servem

Veja, a seguir, quais são os principais benefícios dos probióticos para a saúde.

Combatem as doenças intestinais

A alimentação pobre em fibras e rica em açúcares e gorduras altera as funções intestinais, pois favorece a proliferação excessiva de bactérias nocivas ao organismo e pode desencadear problemas, como a prisão de ventre e outras doenças. A ingestão de probióticos funciona no combate a essas bactérias ruins, enquanto equilibra a flora e contribui para a boa manutenção do intestino.

Melhoram a imunidade

Os probióticos fortalecem o sistema de defesa do corpo, e o mantém ativo e preparado para reagir a possíveis enfermidades. Além disso, as células do organismo capazes de detectar o vírus da gripe conseguem viver por mais tempo em ambientes ricos em probióticos. Por isso, esses microrganismos podem reduzir as chances de contrair essa e outras infecções virais.

Diminuem os riscos de tumores intestinais

Ao reduzir a quantidade de bactérias nocivas ao organismo, ocorre também a diminuição de infecções intestinais. Com isso, diminui a incidência de inflamações na região, que ao longo dos anos podem predispor ao surgimento de tumores. Portanto, seguir uma alimentação balanceada e rica em probióticos é uma ótima forma de prevenir o câncer intestinal.

Aumentam a absorção de nutrientes

Com o seu consumo, alguns minerais, as vitaminas do complexo B, o ferro e o cálcio são melhor absorvidos pelo organismo — isso acontece porque os probióticos potencializam esse processo. Outro fator relevante é que esses microrganismos otimizam a capacidade digestiva em relação a algumas substâncias, como é o caso da lactose.

Equilibram a flora vaginal

Além da flora intestinal, os probióticos auxiliam na manutenção da flora vaginal e ajudam a prevenir doenças, como a candidíase. Milhares de mulheres sofrem com esse problema, pois uma baixa mais acentuada na imunidade pode deixá-las suscetíveis à proliferação dessas bactérias nocivas. A ingestão de probióticos pode equilibrar a flora vaginal e fortalecer a imunidade da região.

A melhor hora para consumir os probióticos é um pouco antes ou logo depois das refeições, em razão da acidez do estômago: nessa fase, os alimentos os ajudam a se manterem vivos no meio ácido e a chegarem ativos ao intestino. Para que esses microrganismos possam proporcionar todas essas vantagens, é preciso seguir uma alimentação saudável e adotar hábitos de vida mais regrados.

Agora que você já conhece os benefícios dos probiótico, aproveite para saber um pouco mais sobre a importância dos suplementos alimentares. Boa leitura!

Deixe um comentário

Share This