As fibras alimentares compreendem as partes comestíveis dos vegetais presentes nas frutas, legumes, verduras e hortaliças e do amido resistente encontrado em leguminosas e grãos (cereais integrais) que passam quase intactas pelo sistema digestivo e chegam ao intestino grosso inalteradas.

 

Com isso, você pode se perguntar, e então para que servem?

Na verdade, as fibras alimentares possuem vários benefícios e são imprescindíveis na alimentação, uma vez que produzem impacto sobre a velocidade do trânsito intestinal, PH do cólon e saúde em todos os aspectos.

São classificadas de acordo com sua solubilidade em água, em solúveis e insolúveis.

As fibras alimentares solúveis possuem o efeito de retardar o esvaziamento gástrico, a absorção de lipídios, aumentar o volume e a maciez das fezes.

Já as fibras insolúveis têm como finalidade acelerar o trânsito intestinal, portanto, são as mais indicadas para o tratamento da constipação. A recomendação de consumo é de 20 a 35 g de fibras alimentares diariamente.

 

Aonde encontro?

São várias as fontes de fibras alimentares, como: grãos integrais, cereais integrais como farelo de trigo e flocos de aveia integral, feijões, ervilha, raízes, vegetais e frutas como mamão, maçã, pera, morango, manga, abacaxi, laranja e ameixa são bons exemplos de alimentos ricos em fibras.

 

Veja abaixo seus principais benefícios:

  • Auxiliam na perda de peso, pois contribuem para o aumento da saciedade, resultando em melhora da resistência à insulina, da glicemia e redução do risco de doenças cardiovasculares.
  • Possuem ação prebiótica, ou seja, contribuem para a produção de bactérias boas, promovendo a seletividade da microbiota intestinal. Nesse processo há a formação de ácidos graxos de cadeia curta contribuindo para a redução do PH do cólon, melhora da motilidade intestinal, aumento da imunidade e melhora da biodisponibilidade de nutrientes como cálcio e magnésio.
  • As fibras alimentares são consideradas como importantes anti-inflamatórios, que podem reduzir o risco de doenças crônicas como o câncer. de cólon por exemplo.
  • Previnem a constipação intestinal que é uma alteração do trânsito do intestino grosso, com diminuição do número de evacuações, fezes endurecidas e esforço à defecação.
  • Atuam como “vassouras”, que carregam os resíduos alimentares e a gordura excedente na alimentação pelo intestino, reduzindo o nível de gorduras absorvidas, como o colesterol.

E a importância da Água?

Outro fator importante é a ingestão de água. É necessário consumir uma adequada quantidade de líquidos diariamente, para que as fibras possam agir alterando o peso e a maciez das fezes, facilitando a formação do bolo fecal e do peristaltismo.

Portanto estes alimentos devem fazer parte de nossa rotina alimentar, pois interferem diretamente em nossa saúde e qualidade de vida, e além disso contribuem para a manutenção de um intestino saudável e consequentemente a prevenção de doenças que tem origem em desequilíbrios na integridade intestinal.

Siga as nossas redes sociais para acompanhar as atualizações: estamos no Facebook e no Instagram!

Reformulamos nossa loja para você ter uma navegação mais rápida e fácil.
Dá uma olhadinha lá. https://loja.vitgold.com.br/

Share: