Descubra quais são as principais doenças de ossos e como evitá-las

  • Home
  • Bem-estar
  • Descubra quais são as principais doenças de ossos e como evitá-las

Os ossos desempenham diversas funções no corpo, entres elas a sustentação. Sem eles, não ficaríamos em pé, afinal, o osso possibilita a movimentação por meio da conexão com os músculos, além de proteger órgãos vitais, como o coração e pulmões. Entretanto, se algo não vai bem, principalmente na terceira idade, podem surgir doenças de ossos que afetam o organismo de maneira significativa.

Quer conhecer quais são essas doenças e as principais formas de evitá-las? Separamos tudo sobre elas neste artigo. Acompanhe o texto.

As principais doenças de ossos

As doenças que atingem os ossos podem causar muitas dores ou serem silenciosas, assim como podem afetar algumas regiões do corpo ou todos os ossos. A seguir, conheça as características e peculiaridades das principais.

Osteoporose

Entre todas as doenças ósseas, essa é certamente a mais conhecida. Caracterizada pela perda silenciosa de tecido ósseo, a osteoporose ocorre devido a uma baixa deposição de cálcio e fósforo nos ossos.

O seu diagnóstico acontece principalmente na terceira idade e em maior proporção no público feminino. A osteoporose pode afetar todos os ossos do corpo ou apenas algumas regiões, como a coluna e as pernas, aumentando o risco de fraturas.

Osteomalácia

Muito confundida com a osteoporose na idade adulta, a osteomalácia também é uma doença que deixa os ossos fracos e quebradiços. Quando desenvolvida na infância, ela tem como consequência a baixa estatura da criança, a qual raramente é revertida. 

Extremamente dolorosa, principalmente na região do quadril, a osteomalácia também tem como sintomas a fraqueza muscular e fraturas recorrentes. Entre as suas causas estão a deficiência de cálcio, fósforo ou vitamina D no organismo.

Raquitismo

O raquitismo é uma doença óssea causada por baixas concentrações de vitamina D e cálcio no corpo. É mais comum na infância, podendo resultar em fraqueza muscular, atraso no crescimento e pernas em forma de arco.

Maneiras de evitar essas doenças

Evitar as doenças de ossos é imprescindível para continuar com um esqueleto apto a cumprir todas as suas funções. 

A alimentação é ponto-chave para evitar o desenvolvimento de doenças de ossos. Assim, ter uma dieta equilibrada  ingerindo frutas, verduras, legumes e carnes magras  e reduzir alimentos açucarados e gordurosos é a melhor forma de ter uma vida saudável.

No entanto, para evitar o desenvolvimento dessas doenças de modo eficaz, é importante investir em alimentos ricos em cálcio, como vegetais verde-escuros, leite e derivados. Praticar exercícios físicos também é indispensável para fortalecer toda a estrutura muscular e óssea, que ficarão mais resistentes.

Outra forma de prevenir doenças de ossos é conhecer seus fatores de risco, como a genética e histórico familiar, além dos fatores ambientais que incluem maus hábitos. Dessa maneira, é possível evitar atitudes que contribuem ainda mais para o desenvolvimento dessas doenças, como o consumo de bebidas alcoólicas e o tabagismo.

O uso de suplementos como aliados

Tomar todas as precauções possíveis quanto à alimentação, atividades físicas e mudança de hábitos é indispensável. Entretanto, prezar pela prevenção integral e uso de suplementos, como o de vitamina D, deve fazer parte da sua rotina.

As doenças de ossos podem chegar sem você perceber, por isso é preciso tomar cuidado. Se você tiver qualquer suspeita de alguma dessas doenças, procure imediatamente o seu médico para que ele prescreva o melhor tratamento.

Quer começar a se prevenir agora mesmo? Entre em contato conosco e conheça nossas opções de suplementos!

Deixe um comentário

Share This