Como a suplementação alimentar pode ajudar na amamentação do bebê

Os suplementos alimentares são receitados pelos obstetras durante a gestação para garantir o aporte de nutrientes essenciais tanto para a formação e o crescimento do bebê quanto para a manutenção da saúde da gestante.

O que muitas mulheres não sabem é que eles continuam sendo importantes durante a amamentação e não devem ser dispensados. Ainda mais com a correria de ser ter um recém-nascido em casa, em que muitas vezes a alimentação da mãe fica prejudicada.

Neste post, vamos falar sobre o uso de suplementos alimentares na amamentação. Confira!

Por que os suplementos alimentares são indispensáveis na amamentação?

A amamentação deve ser exclusiva até o sexto mês de idade do bebê, sendo a única fonte de alimento para ele. Dessa forma, a mãe garante que seu filho tenha um alimento completo que proporciona maior imunidade e previne doenças.

Na fase de lactação, a mulher necessita de maior quantidade e qualidade de nutrientes para que possa enriquecer o leite e manter a produção adequada sem prejudicar a sua saúde.

Se a oferta de nutrientes como carboidratos, proteínas, gorduras, vitaminas e minerais for insuficiente para a lactante, o organismo dela retira das suas reservas para produzir o leite para o bebê.

Sendo assim, a mulher pode ter problemas de anemia; carência de cálcio; perda de peso e de massa magra; queda de cabelo; enfraquecimento das unhas e outros problemas relacionados à deficiência nutricional.

Quais são os suplementos mais indicados nessa fase?

A alimentação da lactante deve ser saudável e suprir as suas necessidades nutricionais. Como nem sempre isso é possível, o uso de suplementos alimentares se faz necessário.

Os suplementos são produtos que contêm os nutrientes em forma de cápsulas, de líquido ou em outras apresentações. No caso da mãe que esteja amamentando, alguns suplementos alimentares são mais indicados.

Vitaminas

As vitaminas podem ser encontradas isoladamente ou em complexos vitamínicos que concentram várias delas. As mais recomendadas no período de amamentação são as vitaminas A, B, C, D e E, sendo que cada uma delas tem função importante no desenvolvimento saudável do bebê.

Minerais

Todos os minerais são importantes; entretanto, o cálcio e o ferro são os que mais se destacam por contribuir com o desenvolvimento dos ossos e dentes (cálcio) e a produção de células sanguíneas (ferro).

Ácidos graxos

O organismo do bebê ainda não é capaz de sintetizar essas substâncias, tendo que retirar do leite materno. Desse modo, a mãe deve ter a quantidade suficiente desse nutriente para que passe para o seu leite e, assim, assegure que o filho o receba adequadamente.

Iodo

A deficiência desse mineral está ligada aos casos de hipotireoidismo e de bócio, tanto na mãe quanto no filho. Outro problema para o bebê é o mau desenvolvimento neuropsicológico.

Como saber quais suplementos tomar na amamentação?

O nutricionista é o profissional responsável por adequar a alimentação de acordo com o perfil do paciente, valorizando o trabalho personalizado e o organismo de cada indivíduo.

Dessa maneira, ele é capaz de indicar os melhores suplementos alimentares conforme a necessidade nutricional individual da pessoa e, no caso da lactante, isso não é diferente.

A amamentação é uma fase que vai além da alimentação do bebê: é um vínculo entre mãe e filho e que deve ser feita de forma a trazer somente os benefícios para ambos.

Já sabe quais são as suas necessidades nutricionais e os suplementos alimentares indicados para você? Então entre em contato conosco e conheça os nossos produtos!

Deixe um comentário

Share This