Afinal, para que serve a vitamina D?

Nos últimos tempos, a vitamina D tem estado entre os tópicos de saúde mais discutidos no Brasil. Isso porque a Pesquisa de Orçamentos Familiares, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), apontou que os brasileiros têm falta de vitamina D, um nutriente indispensável para o organismo. 

Quer conhecer para que serve vitamina D e quais são os impactos de sua deficiência no organismo? Então, acompanhe o post! 

Benefícios da vitamina D

Embora, geralmente, esse nutriente esteja associado à saúde dos ossos, seus impactos vão muito além, interferindo, inclusive, na redução do aparecimento de complicações cardíacas. Confira detalhadamente quatro principais benefícios: 

Previne doenças cardíacas

A vitamina D desempenha um importante papel na fisiologia do sistema cardiovascular. Sua deficiência está associada ao aumento dos riscos de doenças cardiovasculares, pois impacta na regulação da pressão arterial e dos níveis de colesterol. As pessoas que não possuem níveis adequados desse nutriente são mais propensas a desenvolver doenças cardíacas, diabetes mellitus e aterosclerose.

Fortalece os ossos

O cálcio é peça-chave quando se trata de saúde óssea e aumento da densidade mineral óssea. Contudo, a vitamina D é tão importante quanto o cálcio, pois é uma forte estimuladora da deposição do mineral nos ossos, tornando-os mais fortes e saudáveis.

Melhora a imunidade

A vitamina D contribui para a replicação celular saudável e ajuda a frear o desenvolvimento de condições autoimunes, como distúrbios digestivos, esclerose múltipla, síndrome do intestino irritável e artrite reumatoide.

Causas da deficiência de vitamina D

Diversas circunstâncias estão associadas à falta de vitamina D. Entre as principais, estão: 

Alimentação insuficiente 

Pessoas que seguem uma dieta vegana, por exemplo, estão mais propensas a não ingerir a quantidade adequada de vitamina D ao longo do dia. Isso porque a maioria das fontes naturais do nutriente são baseadas em alimentos de origem animal, como carne e óleo de peixe, gema de ovo, produtos lácteos e fígado bovino. 

Exposição solar limitada 

O corpo produz vitamina D quando a pele está exposta à luz solar. Inclusive, ela é conhecida como a vitamina do sol. Entre as situações que podem levar à deficiência de vitamina D estão: passar o dia em lugares fechados, viver em regiões pouco ensolaradas e usar roupas compridas com frequência. 

Recomenda-se 20 minutos diários, sem protetor solar, antes das 10 horas ou depois das 15 horas. 

Ter a pele naturalmente escura 

O pigmento melanina reduz a capacidade da pele produzir vitamina D enquanto está  exposta ao sol. Pesquisadores da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) divulgaram um trabalho sobre a variação sazonal, o qual mostrou que pessoas negras apresentaram valores mais baixos de vitamina D do que brancos. No artigo, os especialistas defendem a suplementação do nutriente para atender à necessidade. 

Todas essas informações deixam evidente que esse nutriente é indispensável para a saúde e precisa ser ingerido diariamente em níveis suficientes. Agora que você já sabe da importância e para que serve vitamina D, entre em contato com a VitGold e conheça os suplementos que contribuem para garantir melhor qualidade de vida.

Deixe um comentário

Share This